Rabiscar hibiscos

A contagem intangível das tangerinas indica que o quarto artigo tragado de algures garante a antecipação do espaço. E mesmo se assim não fosse, o departamento mental mentiu ao timoneiro, e o direito ao ditado segue gostando dos gastos. Não fosse o sofista, o fastio dos típicos podia cutucar tucanos ou rabiscar hibiscos. E tudo poderia pedir pastel de plástico e o catarro terrestre dos tártaros aliviaria a vertente intragável das gravatas. Não digo que a incerteza do zinco não azucrine as crinas sincréticas. Mas se a cisterna por seu turno eterniza a ternura, quem sabe se o sábio assobia baixo a bússola? Não há nada que impeça a peçonha de sonhar, nem o insondável de acender os sendeiros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s