Acaba Mundo CCCLIII

Hoje são treze de setembro de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. Enquanto o sinistro do meio ambiente vai a eventos de negacionistas, o chanceleso, para quem os satélites estão na verdade detectando fogueiras de acampamento (onde os campistas assam marshmellow), encontra-se com Bannon para pedir ajuda com a fala do Bozo (vivo estando) na ONU. Agora tem um irmão do Bozo lobista de fazendeiros do Ribeira contra índios e quilombolas, Renato Bozonazi. Agora o censurado é Chico Buarque, cuja cinebiografia foi cancelada pela missão diplomática no Uruguai. Apontado furo no processo contra Haddad, o juiz Shitake se baseou na conta de eletricidade e sem perícia alguma forçou a barra para sua tese. Rui Costa da Bahia, já alcunhado Bolsonaro do PT, quer ser candidato e acha Lula Livre um queima filme; vinte e dois tá tão longe. Mitzel é flagrado plagiando sessenta e três parágrafos na sua dissertação; já tá melhor que o doutorado fantasma em Harvard. Acharam um planeta com água na atmosfera; já está melhor que Brasília, com umidade a oito. Congresso americano avança no impixa do Trump, mas nem os democratas estão à vontade para usar a palavra; dá pra ver que não dá nada. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s