Acaba Mundo CCCXXXIX

Hoje são trinta de agosto de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. O Tanga Frouxa pediu compreensão, porque debochar de mortes é como qualquer conversa na “mesa de família”, mas admitiu que em privado se permitem ser “meio irresponsáveis”. Sei lá, nem queria estar lidando mais com Tanga Frouxa, muito embora eu adore chamá-lo de Tanga Frouxa, eu sei que vejo o Glenn falando umas coisas que já estavam claras, ficaram através dele comprovadas, mas nada muda. A verdade nada vale, tudo que importa é o lado, e o lado de lá tem desde a polícia até a casa branca com eles. Cada absurdo normalizado permite um maior, e parece que está fermentando um genocídio: Helenão quer “rever” as reservas indígenas e o Bozokid foi pagar boquete pro Trump e pros lobbies interessados. O rapaz do hambúrguer garantiu que quem mexer com nossa “soberania” vai se ver com os godemes. Protetorado total. Ele ainda se recusou a ser entrevistado em inglês. A economia caminha da informalidade pra criminalidade, as seguradoras já estão legalizando a peça automotiva de desmanche. Presimento promete indultar policiais presos e Santa Cruz dá a letra: presente pra milícia. Uma merreca de ponto quatro no pibe trimestral fez o governo celebrar, e mesmo que comece a recuperação, o pibe mede o sucesso dos negócios dos capitalistas, e as mudanças introduzidas, retrocessos que não serão revistos na bonança, são estruturais e têm impactado as relações de trabalho, a qualidade de vida, saúde mental, e outras coisas que não cabem no pibe. O tal Conserino, procuradorzinho fascista, recuou, com medo da lei de abuso, da acusação de uma “amiga do Lula” envolvendo a mesma Bancoop do triplex. Um delegado goiano, assessor do inusitado delegado Waldir foi preso por vender leniência a ladrões de carga. Dodge pede ao STF que esqueça essa loucura de rever sentenças, de modo que os pleitos teriam a mera apreciação negada. Queiroz foi visto no Einstein e parece morar ali pelo Morumbi. Queiroz que se foda. Ele poderia importar como elo do Bozo com a milícia, mas o que falta é vontade de investigar, por parte de instituições e imprensa; gabinete da Alerj, que me importa? O NE agora é palco de uma guerra tecnológica, e a China quer dominar, e implantar reconhecimento facial e tudo; mais um passo para a separação. Fachin obviamente negou suspeição dos procuradores e manteve Lula preso; vamos ver como evolui o supremo, isso de Carmen Lúcifer se dizer chocada, uma pinoia. É como o Macron, que explora ouro na Amazônia, falando de ambiente, ou corporação fazendo boicote por objeção de consciência, tudo estratégia. E por falar em Guiana Francesa, Jânio queria invadi-la na operação Cabralzinho, parte de um sonho de um país “do Caribe ao Prata” e baseado numa percepção de a França acharia ótimo. Pesquisa aponta que cinquenta e três querem Lula Livre e trinta e cinco, Lula Preso. O Saadi, da PF do Rio foi sacado enfim pelo tiranete: eu que mando. Degola na Ancine, também. Já propuseram o dia da facada: eu vou invadir a firma pra trabalhar. A China se oferece para pagar a dívida Argentina (se a esquerda vencer?); com o Brasil “perdido”, o preço dos vecinos inflacionou. Na Indonésia, a região de Papua vê protestos contra o racismo e gritos de independência. López Obrador encontra uma câmera numa sala de reuniões. Eu voltei a trabalhar no Hamlet, não aguento mais. Mas ajuda a distrair do mundo real. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s