Acaba Mundo CCCXVII

Hoje são oito de agosto de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. Dois tópicos de ontem antes de seguir. Dois advogados do diabo que me proponho. Freixo gravou uma entrevista conjunta com a Janaína, num projeto chamado Fura Bolha. Assim como Kim foi atacado após foto conversando com Freixo, agora Freixo é atacado por aparecer com a musa do impixa. Ora, ele não mudou uma posição, não fez aliança, qual é o problema? Me parece ótima oportunidade de mostrar como a esquerda é mais lúcida, no contraste. O tom dos protestos parece ser “não fura minha bolha!”, assim como a ridícula campanha pelo direito a dizer “eu avisei” e alienar todos os convencíveis. Depois acusam a direita de se pautar pelo ressentimento; é uma gincana de dedos apontados. Por falar nisso, após a vaza rato em que a Rede protocola contra Gilmar e em favor da lava rato (o que nem revelação é), é publicada uma matéria falando de uma reunião que precedeu uma doação legal da Odebrecht ao partido de Marina, e a lógica da esquerda já é que, se a lava rato criminalizou doações legais, deveria ter criminalizado esta, então está provado um acordo. Olha, talvez haja esse acordo, mas uma sanha moralista para combater outra não vai render bons resultados e vai desviar do foco do processo maior, que é intervenção geopolítica, ou é assim que eu vejo ao menos. Outro que dificilmente merece comentário é o eterno tucano Álvaro Dias, que matéria mostrou ter sido poupado na operação; ora, mais vale soltarem o Lula do que cobrar que a perseguição ficou aquém, já sabíamos todos que o alvo era definido. Aliás, doleira processada na lava rato declara que era de domínio geral o fato de Lula ser o delatado perfeito, e que com certeza os delatores mentiam com isso em mente. Outra de ontem foi a desembargadora Castro Neves, que debochou e ofendeu Marielle quando de sua morte, virando ré finalmente pelo comportamento. Hoje saiu no UOL mais vaza rato, mas não acrescenta muito, são os gangsters apostando na nova composição do senado para sacar Gilmar. Eu já parei de sonhar com material que mostre a conexão deep state, uma carta ao DoJ foi mencionada em passant e sem maior comentário uma vez, e só. Não que o revelado não seja o bastante para o país cair em si e rejeitar a farsa, mas tirando um jurista ou outro, um jornalista ou outro, quem se escandalizava se escandalizou e quem encampava dobrou a aposta, na verdade felizes em ver seus heróis agirem fora da lei. O Mourão tirou de algum lugar uma ofensa à Merkel, que para ele tremia ante a presença de Trump no gevinte; além da ofensa, a sabujice. E a Índia impôs lei marcial na Caxemirra, lançando mais refugiados no mundo; que eu tenha visto o Paquistão ainda não fez seu lance. Eu tenho adiado falar sobre Hong Kong, dividido entre a discordância com a lei chinesa de deportação e a denúncia de mais uma subversão vinda dos godemes; pois agora uma diplomata gringa foi fotografada com os líderes dos protestos. Então eu não fico nem do lado da repressão chinesa nem da intervenção godeme, mas pelo acordo o Reino Unido devolveu à China o território. Os protestos brandem a bandeira imperial. Pra todo lado as tensões oriundas do colonialismo estão rebentando de novo. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s