Acaba Mundo CCLVII

Hoje são nove de março de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. Coletes amarelos continuam marchando na França; nós aqui corremos a gritar extrema direita, mas parece que é no mínimo mais complicado. O diplo vê uma tremenda contestação do status quo e do ultraliberalismo de Macron. Só não sei se já não viraram paisagem a esta altura. Dieese aponta: mulheres são as mais prejudicadas na reforma de previdência. Seguem polêmicas em torno de Abreu e Olavo, e eu mal me animo a registrar; o primeiro provoca cizânia na esquerda e o outro finge que quer se desvencilhar do governo. Ministros abriram a farra dos passaportes diplomáticos para a família. Bem, agora parece ter acabado o carnaval então semana que vem deve começar pra valer o rolo compressor para comprar a reforma da previdência, da qual depende toda a felicidade da nação para governo e mídia, que só ataca o Bozo no que é acessório, talvez preparando o terreno para quando o pacote de maldades já tiver sido aprovado e ele se tornar descartável. Enquanto isso, vem à tona que o “acordo” do DoJ com a Petrobras inclui a revelação de todos seus segredos industriais. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s