Acaba Mundo CCXXVII

Hoje são sete de fevereiro de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. Bolsonro está mal na semi-intensiva, talvez precise de mais cirurgia e mais bolsa. Ao contrário de muito gincaneiro, desejo-lhe saúde e restabelecimento (seja facada ou câncer). Quero muito vê-lo cair do pedestal onde o puseram, enxovalhado até de seus atuais idólatras. Em vida. Se morre agora vai com uma imagem positiva pro panteão. Mas ao fim e ao cabo me é indiferente, e tenho até mais medo o Mourão, o neo-hippie. Gostaria de falar de outro assunto mais agradável, mais positivo. Não disse outro dia que queria escrever sobre boas notícias? Pois então, vosso escriba está matriculado no doutorado no IEL-Unicamp. Minha rusga com a Cadimia teve de ceder, ou quem não ia a parte alguma era eu. É óbvio que se Hamlet não merece muita atenção, Lucrécia não tem a menor chance. Mas eu nunca fui feito para trabalhar no mercado financeiro nem nada. De que me queixo? O trabalho é a paga. Barão Geraldo lá vou eu de novo. Acaba mundo.

Uma resposta to “Acaba Mundo CCXXVII”

  1. Eduardo Says:

    Boa sorte no doutorado! Ponto de vista interessante sobre o presidente deles…dead or alive, eis a questão…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s