Acaba Mundo CCXVIII

Hoje são vinte e oito de janeiro de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. O tal do Queiroz, aquele que fudeu o Bozo pá nóis, quer agora ser o para-raios que vai assumir toda culpa de modo a poupar os bolsonazis. Acha que determina as regras do próprio processo, a ação da justiça? Que o Bozo tá blindado já não tá claro? Pode até ser derrubado politicamente, e há quem palpite que que o plano M já está em marcha, mas no judiciário o que tende a acontecer é, ironicamente, o que ele está pedindo, punir o bagrinho e poupar os figurões. Burro sou eu de me importar. Quanto ao elo com milícias, vejamos se desenterram mais coisa que faça o pacto midiático-estatal de negação da realidade insustentável, mas vai ver que daqui a pouco outro escândalo tira as atenções deste e é outro assunto que vai movimentar as paixões de esquerdopatas e bolsominions, e o monstro vai se acomodando no trono. Sobre a história da facada, dá pra pensar que se começar a se alastrar a desconfiança com a coisa toda isso pode desestabilizá-lo bastante, especialmente se a Globo entrar na parada como corre o boato, mas isso depende da maré já ter virado pra ele, porque enquanto vige o pacto nenhum órgão de imprensa pôs o acontecimento sob escrutínio. Hoje ele passa pela cirurgia para tirar a bolsa, ou talvez para combater o câncer (hoje estou no modo boato). O ministro do obscurantismo diz que universidade para todos não existe, que universidade é para uma elite intelectual e filho de pobre vai pra escola técnica, virar mão-de-obra barata sem perder tempo com humanidades. Os israelenses já estão no solo da pária amada, resta saber se pousaram em Minas ou em Roraima. Vale diz oficialmente que não tem nada com isso. Bombeiros voluntários estão sendo dispensados. Ministro dá nó na lógica para dizer que nem o rigor “excessivo” evitou o rompimento, aproveitando o holofote para disparar contra ambientalistas na pior hora de todas. Eu comentei que as imagens eram impressionantes, quando eram de outros desastres e foram espalhadas por desocupados. Mea maxima culpa. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s