Acaba Mundo CCXV

Hoje são vinte e cinco de janeiro de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. Jean Wyllys anuncia exílio, e eis que agora é suspeito, segundo a turminha fascistinha, da facada que nem se sabe se houve. Mais uma barragem da Vale estourou em Minas, em Brumadinho. Mais um presentinho à natureza da mineração. São duzentos desaparecidos e as imagens são impressionantes. Bozo prometeu visita mas já disse que não é com ele. O ministro do meio ambiente é enrolado justamente por ajudar mineradoras. GM ameaça deixar o país e o secretário de Paulo Guedes esnoba: se precisar fechar, fecha. Reverbera ainda o “cidadões” do responsável pelo ENEM. Eu tive que voltar a trabalhar no Hamlet, para recuperar as legendas após perder o micro; esse é um trabalho que não tem mesmo fim. Assim como esse mundo que não acaba. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s