Acaba Mundo CC

Hoje são dez de janeiro de dois mil e dezenove e o mundo não acabou. O Manu sugeriu que eu fizesse uma avaliação da trip. Apesar de continente em decadência geopolítica, a Europa é o bastião daquilo que ela mesma denominou cultura. Foi bom ver quatro peças em quatro dias em Londres, museus de arte e históricos. Também os prazeres particulares contribuíram muito, como visitar a igreja onde Thomas Middleton foi batizado, ou rabiscar a plaquinha da embaixada. E teve os dias com o Manu em Limoges, com bons papos, bom fogo e vinho mais ou menos – e boas derrotas no xadrez. Acho que se era pra meter o pé na jaca, considero que aproveitei bastante, ao meu modo misantropo. Foi bom estar com o professor com quem posso vir a trabalhar. Sim a mulher brasileira é muito mais bonita que a europeia. Agora é combater o jet-lag com a tradicional receita e tentar cair na real do nazibozismo daqui em diante. E chega de falar de mim mesmo. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s