Acaba Mundo CLXIX

Hoje são dez de dezembro de dois mil e dezoito e o mundo não acabou. Parece que o sistema de reservas já sabe que eu sou maconheiro e sempre me põe numa acomodação onde é fácil conseguir unzinho. Fui fazer compras mais cedo saquei a movimentação na hora. Esquema honesto, eu até achei estranho o rapaz argelino (eu ia escrevendo algeriano) simplesmente ter uma sacola de brenfa com ele, mas era isso mesmo. Aliás, acabo de preparar e ingerir uma bela refeição e devo dizer: brasileiro não deve ficar quinze dias sem arroz. Aqui em Toulouse – no time Toulouse! – se fala catalão também, ao menos a voz do metrô fala. Não fosse a geometria absurda das ruas esta região nada bucólica da cidade não seria tão má, pelo menos. E o Brasil está lá, a celebração de cinquenta anos de AI-5 não era pra ser uma celebração de fato. Acaba mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s