A maior parte das centrífugas

tijolo

A maior parte das centrífugas fornecia audácia ao polo, até que o eixo roesse a rota. Acaso o Cáucaso causou caspas no duende de jardim? Está entremeado no ciclo, perpassa o pastiche, e só resta a comunidade da lástima. Nós e nossos castiçais de estimação, todo recheio de prisma, encaminhados à estação oblívio. Um colibri cibernético destoava do látego latente, pensou-se até que as novas tripas tergiversassem. Seria por o jarro na frente dos dois, ou então amarrar os cadarços da premonição. Nada disso e muito menos pode acontecer na vida de um chafariz. A feirante frustra o Zaratustra, anuncia queixas frescas, e logo ali o fiscal fosforescente canoniza a bufoneria. O que se pode aprender com samambaias expostas ao idílio de antanho? Pelo menos trouxeram os instrumentos da aurora? Dizer que o dízimo geotérmico vacila é cumprir com os gonzos. É tal o termo da truta. É proibido estacionar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s