Acaba Mundo LXVIII

bolso

Hoje são seis de setembro de dois mil e dezoito e o mundo não acabou. História meio atravessada, ocorrida há pouco em Juiz de Fora: Bolsonaro teria sofrido um atentado com faca. Se foi isso mesmo eu obviamente condeno tal ato, tampouco acho que ele fez por merecer. Mas nas imagens que vi ele é acertado por algo longo frontalmente no abdome, mas não se vê sangue algum. Em imagem alguma se vê sangue, e o comunicado diz que o ferimento foi superficial, o que já não condiz com o golpe frontal. Mas partamos do pressuposto de que sim, alguém tentou matar o Messias com uma peixeira. Seria um ato individual tresloucado? Sempre pode, quem sabe era tão fã do deputado que entrou numas, como o assassino do John Lennon? Mas nem todo mundo engole essa explicação do assassinato do beatle, é bom lembrar. Seria talvez um eleitor exaltado de qualquer outro dos candidatos? Acho que isso beira o impossível, a mim é ao menos inimaginável, já pensou? “É Marina, toma esta!” O PT já provou que tem mais pendor ao servilismo do que ao combate violento. Não consigo pensar qualquer hipótese para um atentado autêntico, mas isso não prova que é impossível. Uma armação da própria campanha é também algo difícil de entender, porque sem a ajuda da polícia a farsa ia ser desmascarada logo. O perigo é ser uma armação maior. O establishment já chutou o chuchu em definitivo com o bolerão do nosso querido presidente reclamando do abandono do tucano. Então, por enquanto, o sentido que faz para mim o tal atentado é fortalecer ainda mais o fascista, amparado por todo o sistema, que já encomendou perícias a la carte antes. Vamos aguardar os desdobramentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s