Acaba Mundo LXVI

mortes

Hoje são quatro de setembro de dois mil e dezoito. O Brasil é responsável por um quarto das mortes por armas de fogo de todo o planeta. O armamento irrestrito da população é um tema levado a sério na disputa presidencial. Também acho melhor parar de falar que vamos virar uma Colômbia ou um México. A guerra às drogas ainda é tabu e o Rio de Janeiro precisa hoje viver com traficantes, milicianos, e as tropas de intervenção ainda por cima. Vítimas preferenciais, jovens negros, executados sumariamente com a certeza da impunidade conferida pelo “auto de resistência” e pela aprovação de grande parte da população. Quanto à eleição, o PT busca os últimos fôlegos à candidatura Lula, mais para expor as instituições do que com esperanças, eu imagino, no que faz bem. Perde não divulgando Haddad de uma forma mais clara para apressar a transferência. Ciro fez questão de dizer que não é esquerdinha, o que eu já sabia, porque não “alisa bandido”, ou seja, ele aprova a situação que introduzi acima. Boulos tem umas aparições salutares, porque algumas coisas precisam ser ao menos ditas; e o PSol é sempre isso mesmo, um figurante no que diz respeito a chances de vitória, mas um figurante de luxo, a pitada de sal no meio do duelo de frases feitas. Tirando a Luciana, coitada, que foi uma bola fora. O Plínio é que deixa saudades, ele soube ser bem o que eu comentei aqui, o incomodador. Pena que ele abusasse das gracinhas, de modo a obter popularidade por elas e não pelas opiniões. Mas, como se diz na gringa, “there’s no such thing as bad publicity”. Hoje eu tomei um tremendo susto. Recebo um e-mail da Unesp dizendo que minha documentação estava incompleta. Ocorreu que o que eu entendi por ficha de inscrição era o documento gerado no site após preencher todos os dados, no entanto, havia um formulário a ser preenchido à mão, e ainda por cima com o espaço reservado para colar a fotografia 3×4. Será essa gente fetichista dos anos 90? Papel, caneta, correio, foto, sete vias do projeto? A Usp e a Unicamp foi tudo digital. Que cacetada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s