À Beira da Cama

hopper.jpg

O sol ia alto àquela hora, e sua luz, filtrada pelas cortinas, me ajudava a decifrar as linhas do romance, o qual eu poderia mesmo terminar de ler, em sua extensão bíblica e sinuosidade de linguagem, antes que o mínimo  lampejo de energia me incitasse a me levantar, me vestir, calçar os sapatos, ajeitar o chapéu, recolher uns poucos objetos e metê-los na valise, e então abrir a porta e tomar o elevador, caminhando enfim até a recepção, onde a conta poderia ou não ter sido paga pelo noivo que desapareceu enquanto eu dormia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s