Acaba Mundo XXXIII

capes

Hoje são dois de agosto de dois mil e dezoito e o mundo não acabou. Ou acabou, para mim, ao menos para meus planos de doutorado, uma vez que a Capes anunciou o que eu já temia: mesmo a merreca de bolsa que eu esperava ter é coisa do passado. Nada mais previsível quando o objetivo é sabotar o país, quando mesmo o ensino médio vai se limitar às primeiras letras e contas, se muito. Mudo pra Bolívia? Falo sério. Aproveitar o pouco que resta de Pacha Mama, considerando que oficialmente o ser humano usa os recursos do planeta mais do que ele pode se recuperar? Pois a outra notícia relevante do dia é essa. Eu poderia mencionar a repercussão da entrevista do Ciro, ou dos conchavos petistas para atrair um PSB que votou em peso pelo golpe, mas ora, isso fica pequeno. Resta-me seguir nos processos seletivos como se nada acontecesse. Não é o que temos feito, todos? Empurrando com a barriga como se nada estivesse acontecendo? Pois ainda bem que assim como Brás Cubas não compartilhei com criatura alguma o legado de nossa miséria, que aliás desde então só se agigantou. Então nem preciso pensar em minha prole quando desejo que o mundo acabe em definitivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s